Tag

Sustentabilidade

Carnaval também combina com conservação e sustentabilidade?

By | Conservação, GreenBond, Meio Ambiente | No Comments

Achou que ficaríamos de fora no carnaval? Que nada! Aqui nós caímos na folia mas continuamos ligados na conservação! Confira dicas de bloquinhos animais, produtos biodegradáveis e outros toques para você aproveitar seu carnaval sem agredir o meio ambiente e sem se estressar.

 

Bloquinhos animais

 

  • O cordão da bicharada

‘O cordão da bicharada’ é um bloco infantil que as crianças podem participar vestidas de qualquer animal da Amazônia! Ele vai acontecer no Pará e existe desde 1975. A ideia veio do Mestre Zenóbio, que produz as fantasias das crianças. Não há data e local confirmados até o momento, mas fique de olho para não perder essa!

 

Foto: G1

 

  • Manada

O bloco ‘Manada’ vai acontecer no dia 22 de fevereiro, às 10h, na Santa Cecília, em São Paulo/SP. Ele contará com sons, assobios e rugidos de animais, além de contar com muita diversão e fantasias criativas de bichos!

 

  • Amigos da onça

O bloco ‘Amigos da onça’ acontecerá no Rio de Janeiro, dia 22 de fevereiro, às 07h, no Flamengo. Com ritmos muito animados e muita arte, o bloco promete! Contará com axé baiano, Mamonas Assassinas, o Beija-Flor e a Cobra, entre outros estilos musicais pra esquentar esse feriado.

 

Foto: Pedro Teixeira/G1

 

Lixo é no lixo!

 

Infelizmente, em eventos grandes como o carnaval por exemplo, encontrar ‘rastros’ de lixo por onde os blocos acontecem é comum. É possível sim se divertir e ser consciente! Para entender melhor a quantidade de lixo nas ruas, em 2018, no Rio, foram retirados 486 toneladas de lixo Em 2019, foram 541 toneladas de lixo, no Rio de Janeiro também. A estimativa é que São Paulo ultrapasse o Rio de Janeiro, com mais blocos de rua e público.

Levando em consideração os registros dos anos anteriores, a estimativa é que esse ano, muito lixo seja retirado das ruas também. Com a intensa chuva em SP, o destino de grande parte destes resíduos são bueiros, esgoto e rios, podendo dificultar ainda mais as enchentes que estão impactando a cidade.

De que forma podemos mudar isso? Com atitudes e cada um fazendo a sua parte. O lixo deve ser jogado no lixo!

 

Produtos biodegradáveis 

 

Glitter e fantasias não podem faltar no carnaval, não é mesmo? Saiba que o glitter é um dos maiores poluentes dos rios e mares e prejudica o meio ambiente! Mas fique tranquila, existem opções de glitter biodegradável e não é difícil de encontrar. Uma simples atitude e em conjunto, pode fazer a diferença! Além do glitter, que tal montar a sua própria fantasia com produtos recicláveis e biodegradáveis? Use a sua criatividade! Mas não se esqueça de depois do carnaval, se não for mais usar, descartar no local correto 😉

Sabemos que é legal ir à festas ou bloquinhos e usar confete, mas é preciso tomar cuidado! O confete também é um grande poluidor, mas existe uma solução. O que acha de fazer o seu próprio confete com folhas secas que caíram?

 

Foto: Referencial Verde

 

Leve seu próprio copo!

 

Levar seu próprio copo ou canudo reutilizável é uma ótima opção! É comum encontrar dezenas de materiais plásticos descartáveis em blocos, e bem mais cômodo também. Porém, é dever de cada um se esforçar para reduzir o consumo de materiais plásticos. Por isso, é legal estar sempre com o seu, para evitar produzir mais lixo! Uma ONG parceira da GreenBond vende copos reutilizáveis em uma versão especial de carnaval. Acesse o Instagram da Waita e peça o seu.

 

Foto: Waita

 

Dicas para não se estressar

 

Vamos citar algumas dicas, pois sabemos que no meio da multidão, mesmo querendo se divertir, você pode passar por alguma situação complicada:

 

  • Esteja com menos objetos possíveis em mãos, evitando a perda, roubo ou furto;
  • Use pochete ou bolsas por baixo da fantasia ou da roupa;
  • Não leve a carteira com todos seus cartões. Nesse caso, é aconselhável selecionar os itens que você vai precisar e, os demais, deixar em casa;
  • Evite tumulto. Blocos maiores podem ser mais perigosos, mas se você for, fique atento à sua volta;
  • Beba com moderação.

 

Não se esqueça de se divertir bastante nesse carnaval, mas com consciência. A GreenBond apoia esse tipo de evento, então sempre reforçamos uma forma de curtir de uma maneira mais sustentável!

Sistema B: a união entre lucro e sustentabilidade 

By | Marketing na Conservação | No Comments

Diante de um contexto sócio-ambiental cada vez mais negativo por todo o mundo, por que a maioria das empresas ainda considera apenas o lucro como um indicador de sucesso? É partindo dessa premissa que surge o conceito de “empresas B”. 

Acredite, seja de pequeno, médio ou grande porte, qualquer modelo de negócio pode substituir a máxima do “lucro acima de tudo” pelo “lucro com benefícios sócio-ambientais”. 

COMO SURGIU A IDEIA? 

Em 2009, um trio de empresários americanos reparou que a valuation (valor de uma empresa para investidores) de seu negócio não considerava a consciência social e ambiental dos fundadores. Ou seja, na teoria eles valiam tanto quanto um concorrente qualquer.

Então, Jay Coen Gilbert, Bart Houlahan e Andrew Kassoy dedicaram-se à criação de um selo de identificação para companhias que tivessem um impacto positivo, algo que permitisse que elas fossem reconhecidas e valoradas não só pelo lucro, mas por cumprirem metas sociais, ambientais e de transparência.

Com o objetivo de criar um movimento concreto, fundaram o B Lab e desenvolveram uma metodologia própria que inclui o índice Global Impact Investing Rating System (GIIRS) e um processo de avaliação composto por 160 indicadores.

 

AS EMPRESAS B 

As Empresas B aproveitam seus modelos de negócio para auxiliar no desenvolvimento de comunidades, redução da pobreza, além da busca por soluções para problemas ambientais, em especial de mudanças climáticas.

Hoje, há mais de 950 companhias – 75 delas na América Latina – em 30 países e 60 setores. No Brasil, esse conceito chegou há pouco tempo, liderado pelo Comitê para Democratização da Informática (CDI) em parceria com o Sistema B, representante do movimento na América Latina, e já possui 46 empresas com o certificado. Entre as brasileiras, se destacam a Natura e Danone

Luiz Seabra, Guilherme Leal e Pedro Passos, fundadores da Natura, recebem o certificado de Empresa B. (Foto: Projeto Draft)

 

MISSÃO E VALORES DO SISTEMA B: 

1- Resolver problemas sociais e ambientais a partir dos produtos e serviços oferecidos pelas próprias empresas; e nas práticas laborais e socioambientais, atender as comunidades, os fornecedores e os públicos de interesse;

2- Um rigoroso processo de certificação, que examina todos os aspectos da empresa e que deve atender aos padrões de desempenho mínimos, além de ter um forte compromisso com a transparência no relatar publicamente seu impacto socioambiental;

3- Também fazer as mudanças legais para proteger sua missão ou finalidade comercial e, portanto, combinar o interesse público com o privado. Isso também irá construir uma confiança com os cidadãos, clientes, colaboradores e novos investidores.

 

POR QUE AS EMPRESAS DEVEM ADERIR AO MOVIMENTO? 

Além de tornar-se um negócio oficialmente engajado com a sustentabilidade em seu ramo de atividade, promovendo um desenvolvimento sustentável da empresa e da comunidade ao redor, também existem outros benefícios igualmente atraentes, como: economia nos serviços de acesso (CRM, e-commerce etc), atração de investidores ligados à economia solidária (empreendedores sociais) e participação em campanhas publicitárias criadas pela B-Corp, o que aumenta significativamente o seu nível de conhecimento e relevância no mercado. 

 

Acesse o site oficial e conheça todos os benefícios. 

Dia do Consumo Consciente: a mudança começa em você!

By | Educação ambiental, Meio Ambiente | No Comments

Você sabia que, além do Dia do Professor, a data 15 outubro também celebra o Dia do Consumo Consciente? Ela foi instituído pelo Ministério do Meio Ambiente, para alertar a sociedade sobre os riscos da produção e do consumo exagerados e/ou inadequados. 

 

O QUE É O CONSUMO CONSCIENTE? 

O consumo consciente é uma contribuição voluntária, cotidiana e solidária de cada cidadão, com o intuito de garantir a sustentabilidade da vida no planeta. Consiste em ampliar os impactos positivos e diminuir os negativos do consumo no meio ambiente, na economia e nas relações sociais. 

Além de reduzir o exagero, o Dia do Consumo Consciente busca alertar para o fato de que um produto ou serviço deve minimizar o uso de recursos naturais, materiais tóxicos, diminuir a emissão de poluentes e a geração de resíduos. É uma reflexão que deve atingir não apenas os consumidores, mas as empresas e fabricantes também. 

O Objetivo de Desenvolvimento Sustentável da ONU número 12 diz: “Assegurar padrões de produção e de consumo sustentáveis”. Entre as metas, constam a redução pela metade o desperdício de alimentos per capita mundial; o manejo ambientalmente saudável dos produtos químicos e todos os resíduos; além da redução substancial da geração de resíduos por meio da prevenção, diminuição, reciclagem e reuso; entre outros.

 

DICAS PARA SER UM CONSUMIDOR SUSTENTÁVEL

O primeiro passo é repensar sobre a real necessidade de se adquirir determinado produto. Se optar pela compra, escolha sempre os produtos originais e solicite a nota fiscal,  pois somente no comércio legal pode-se buscar igualdade nas competições de mercado.

É de suma importância verificar onde o produto foi fabricado, visto que, quanto mais próximo de nossa casa, melhor. Ao comprar um produto oriundo da economia local, estamos ajudando a fortalecer essas empresas e colaborando para o desenvolvimento da região. Verificar a origem é importante também para evitar produtos de regiões ou países com práticas sociais inadequada, e para isso, você deve pesquisar as práticas de responsabilidade social das empresas.

Privilegie produtos duráveis e evite desperdício de alimentos. Ao descartar os resíduos, é importante checar o que pode ser reutilizado e reciclado, praticando a coleta seletiva. E, para o transporte dos itens, a sugestão é evitar o uso de sacolas plásticas descartáveis e privilegiar as sacolas duráveis e retornáveis.

No ramo da construção civil, também é possível fazer escolhas sustentáveis. Decida por um local onde dê para aproveitar a luz do sol, utilize materiais de menor impactos ambientais, calcule a quantidade de material para evitar desperdício e prefira tintas não tóxicas. 

 

A mudança para um mundo mais sustentável começa por você! Então, nós da GreenBond te desafiamos a repensar alguns hábitos, fazer escolhas planejadas e conscientes. #Partiu?

Green Nation exibe e premia obras com temática ambiental em São Paulo

By | Conservação, Meio Ambiente, Notícias | No Comments

A Mostra Competitiva Green Nation divulga, exibe e premia obras produzidas em qualquer parte do mundo com temática ambiental, de sustentabilidade ou inovação social em três categorias: Filmes (Animação, Ficção e Documentário), Fotografia e Ilustração. O evento gratuito acontecerá em São Paulo, no Pavilhão das Culturas Brasileiras do Parque Ibirapuera de 25 a 31 de março de 2019.

Organizada pela Green Nation – em parceria com a Wildlife Conservation Film Festival, Anima Mundi, ISWA e Urban Arts – a mostra irá exibir o Festival Anual de filmes de Natureza e Conservação Ambiental, com obras de diversos países e com direito à presença de diretores para um bate-papo. Os participantes podem acompanhar palestras com vivências, tendências e casos de sucesso.

O Onçafari, um de nossos clientes, estará presente no evento com uma palestra para apresentar o trabalho de conservação com onças-pintadas e lobos-guarás no dia 29, às 14h.

Além disso, instalações interativas de realidade virtual. Será possível sobrevoar rios em uma asa-delta, mergulhar de submarino em diferentes oceanos, viajar no tempo em uma nave espacial para trazer códigos genéticos de espécies extintas, visitar a Estação Comandante Ferraz na Antártica, são algumas das opções.

Você vai viver experiências transformadoras em temas como água, reciclagem, alimentação, inovação, tecnologia e muito mais. Uma inspiradora maneira de refletir sobre o mundo que temos e aquele que queremos construir.

Para quem deseja participar da mostra e concorrer ao troféu de ganhador, o envio de obras pode ser feito até dia 24 de março pelo site da Green Nation. As melhores obras serão expostas no Pavilhão das Culturas Brasileiras Durante o período do evento.

No final do Evento, no dia 31 de março, os troféus da 5a mostra competitiva de conteúdo multimídia serão entregues às melhores produções Fotográficas, de Ilustração, Animação, Documentário e Ficção.

Participe e vote.