Tag

lives

Retrospectiva do bond: 2020

By | GreenBond | No Comments

2020 foi sem dúvidas um ano peculiar. Enfrentamos vários desafios, reinventamos, criamos, ousamos, saímos da nossa zona de conforto. Demos abraços virtuais para comemorarmos várias coisas juntos, porém a distância. 

Mas isso quer dizer que foi um ano ruim? De maneira nenhuma. Foi um ano de muito, muito aprendizado. 

Vamos ver o que o nosso bond aprontou durante esse ano um tanto quanto diferente? Vem com a gente!

 

Começamos o ano com o pé direito

Nossa primeira saída de campo foi uma viagem incrível para a Amazônia. A convite do Instituto Mamirauá, partiu nosso querido Diego para o município de Tefé para conhecer as instalações da instituição. O objetivo foi conhecer melhor os projetos desenvolvidos por eles e  traçar estratégias de comunicação junto a equipe de lá. Nada melhor do que vivenciar essa experiência para entender a melhor maneira de agir. 

 

Visita do Diego arruda ao Instituto Mamirauá

 

Era uma vez uma pandemia

Poucos meses depois da nossa estreia fantástica em 2020… BUM… Explode uma pandemia mundial ocasionada pelo coronavírus. 

¨Todo mundo já pra casa, cuidar de vocês, dos seus e dos próximos¨.

E agora? A sorte é que já tínhamos uma carta na manga. Um programa incrível gravado antes da pandemia que só seria exibido em 2020.

Em abril de 2020, foi ao ar o episódio mais emocionante do The Wall, do Caldeirão do Huck. Mais emocionante porque lá estavam eles participando, ninguém mais, ninguém menos que nossos guerreiros Gustavo Figueiroa e Diego Rugno representando belissimamente o Onçafari.

Eles deram sorte com a parede? Com a parede não. Arrecadaram somente R$2800,00, mas fizeram muito melhor do que conseguir recurso financeiro. A equipe representou de maneira brilhante o Onçafari, a causa das onças-pintadas e cumpriram muito bem a importantíssima função de defender a conservação do Pantanal. 

O resultado pro Onçafari não poderia ser melhor. Milhares de seguidores a mais em suas redes sociais e sua mensagem replicada para milhões de telespectadores do Brasil inteiro.

 

Participação no The Wall representando o Onçafari

 

Lives

E chegou a era das lives. E como foram feitas lives em 2020, em?

Em agosto a Greenbond organizou uma live realizada entre o Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (PNUMA) e a SOS Pantanal, Instituto Tamanduá,  Instituto Arara Azul, Projeto Ariranha e a repórter Cláudia Gaigher. Foi uma live incrível e super necessária.

 

Participamos de mais de 20 lives representando diversos clientes: Onçafari, SOS Pantanal, Biofaces… Foram muitas lives!

 

Um Dia no Parque

Nossa equipe também abraçou o Projeto Um Dia No Parque, um evento com o propósito de divulgar e celebrar as áreas protegidas no Brasil e no mundo. O evento aconteceu online no dia 18 de outubro e contou com a participação de mais de 240 pessoas assistindo. 

Foram produzidos e organizados pela nossa equipe 94 posts, 4 vídeos e duas transmissões ao vivo. Foi muito lindo e você ainda pode conferir clicando aqui.

 

Projeções do evento Um dia no Parque no Cristo Redentor

 

#RMC2020

Em dezembro de 2020 o WAITA realizou o II Workhop: Reabilitação, Monitoramento e Conservação da fauna silvestre. O #RMC2020.

O objetivo do evento foi promover a integração entre as instituições, fortalecer e criar parcerias, discutir ações em prol da conservação, traçar metas, trocar conhecimentos e tudo isso de uma maneira muito leve e divertida. 

A Greenbond foi convidada pelo WAITA para participar da produção deste evento, assumimos a produção de artes, edição de vídeos e suporte técnico em mídias sociais. 

Foi um prazer participar desse evento tão importante com vocês.

 

Participação do Diego Arruda no #RMC2020

 

SOS Pantanal 

No ano de 2020 o Pantanal foi acometido pelo pior incêndio da história. Mais de 30% do bioma foi consumido pelo fogo.

Um dos clientes da Greenbond é a SOS Pantanal, que atua diretamente em ações de preservação do bioma e comunidades Pantaneiras.

Entendendo a necessidade de atuar rapidamente, a equipe da GreenBond criou uma estratégia eficaz de comunicação lançando artes, vídeos e cards com atualizações e informações simples sobre a situação do Pantanal. Com isso, a SOS Pantanal passou de 16 mil seguidores em setembro para 192 mil seguidores em novembro e ganhou uma visibilidade mundial. Vários artistas se mobilizaram pela causa e o Gustavo Figueiroa, que representou muito bem a SOS Pantanal, realizou diversas ações com essas celebridades, entre lives e expedições. 

Também foi lançada uma campanha de arrecadação de recursos para o combate, prevenção ao incêndio e apoio a comunidade que arrecadou mais de um milhão de reais.  

Um dos artistas que apoiou a causa foi o Luan Santana, culminando em uma live e em um movimento de arrecadação de fundo,  ¨O Pantanal Chama¨, transmitida diretamente do Pantanal pelos canais do Luan Santana e pela National Geographic. Você pode assistir a live clicando aqui.

Nossa equipe também participou de 3 expedições no Pantanal representando a SOS Pantanal. 

 

Incêndios no Pantanal. Foto: Gustavo Figueiroa

 

Participação em eventos

  • Participação no Espaço Marketing para a Conservação e Educação Ambiental do II Workshop: Reabilitação, Monitoramento e Conservação da Fauna Silvestre.
  • Palestra no CONAS ( Congresso Online de Animais Silvestres)
  • Palestra na semana da biologia da UFMG

 

Wildingtone

Em 2020 a Greenbond lançou também a Wildingtone. Um projeto que tem como objetivo trazer estampas com inspirações em animais para produtos do nosso dia a dia. 

 

Ao todo foram criadas 66 estampas inspiradas na vida selvagem.Ufaa! Vocês estão achando que é moleza? O ano foi atípico sim, mas nada de ficar parados.

E que esse 2020 seja uma inspiração para que a gente e todos vocês façam ainda mais bonito em 2021! 

 

Toda a nossa equipe deseja a vocês, feliz ano novo!

Lives: marketing de conservação

By | Educação ambiental, GreenBond, Marketing na Conservação, Meio Ambiente, Projetos de conservação | No Comments

Quer ferramenta de comunicação mais em alta durante a quarentena do que as lives? Elas estão bombando! Neste blog, vamos mostrar as plataformas mais utilizadas para lives, e também vamos ensinar como montar sua live pelo Instagram!

E se você acha que a galera da conservação não pode surfar nesta onda, está muito enganado! O marketing aplicado na conservação tem tudo a ver com transmissões ao vivo e nós vamos provar.

 

Foto: internet

 

O tema conservação tornou-se um assunto bastante debatido por toda a internet. As tragédias que aconteceram em todo o mundo durante o ano foram consequências para o crescimento destes debates!

Sabendo disso, como um projeto de conservação pode enxergar esse “problema” e transformá-lo em oportunidade?

 

Oportunidade na quarentena

 

A obrigação de ficar em casa acabou aumentando a quantidade de lives nas redes sociais e com isso, tornou-se oportunidade para muita gente! O marketing de conservação não ficou fora dessa: projetos e causas aproveitaram para entrar nesse mundo de lives.

 

Foto: post Documenta Pantanal/Live entre Luciano Candisani e João Farkas falando sobre ‘Fotografia e conservação’

 

Unindo o útil ao agradável, muitas causas e projetos já aderiram e estão fazendo sucesso nas redes: um exemplo disso é a iniciativa Documenta Pantanal ter focado em lives semanais no mês passado. O Onçafari também não ficou de fora dessa! 

Além deles, a SOS Pantanal decidiu entrar no mundo das lives neste mês de maio e a Waita está semanalmente chamando outros projetos para conversar ao vivo! E aí, ficou interessado?

 

Como organizar a sua live?

 

Você tem dúvidas de como iniciar uma live? Saiba que existem algumas plataformas famosas para esse tipo de transmissão, sendo elas: Instagram, Facebook, Youtube, Twitch, etc. Aqui, vamos mostrar um passo a passo de como iniciar uma live em uma das plataformas mais famosas e que está bombando ultimamente com a quarentena, o Instagram:

 

Passo 1

Acesse o aplicativo e faça login.

 

Passo 2

Clique no ícone da câmera no canto superior esquerdo como se fosse fazer um stories.

 

Passo 3

Selecione a opção ‘Ao vivo’:

 

Foto: divulgação

 

Passo 4

Clique em Transmitir ao vivo para iniciar a sua live:

 

Foto: divulgação

 

Passo 5

Para terminar, clique em ‘Encerrar’ no canto superior direito.

 

Passo 6

Depois de finalizada a live, você pode salvar o vídeo no seu celular e compartilhar no IGTV:

 

Foto: divulgação

 

Uma dica importante: a duração de uma live é de uma hora. Depois desse período, o Instagram derruba automaticamente, sendo necessário iniciar uma nova! 

No meio da sua transmissão, é possível compartilhar imagens e vídeos que estão salvos na sua galeria. Para fazer isso é só clicar no quadradinho no canto inferior direito da tela e selecionar a imagem que será compartilhada. Para remover a imagem da tela, é só selecionar a opção de não usar nenhuma imagem:

 

Foto: divulgação

 

Como compartilhar perguntas feitas em stories recentes?

 

Você já viu o recurso dos stories de postar uma caixa onde as pessoas podem enviar perguntas para você responder depois? Pois é, essa ferramenta pode ser bastante útil na hora de preparar e fazer as suas lives.

No dia anterior você pode, por exemplo, pedir para os seus seguidores enviarem as perguntas que eles querem ver respondidas na transmissão.

 

Foto: divulgação

 

E na hora da live é só você clicar no ícone da carta com uma interrogação no meio e selecionar a questão que você quer compartilhar na tela enquanto está respondendo.

 

Como convidar outra pessoa para fazer parte da sua live?

 

Numa das atualizações mais recentes, o Instagram adicionou a possibilidade de convidar outra pessoa para participar da transmissão com você: basta iniciar uma live sozinho, aguardar a pessoa entrar e convidá-la, selecionando o item com ‘dois rostos’, que fica perto do rodapé.

O momento é ótimo para apostar em marketing digital e explorar ferramentas que antes não faziam tanto sentido. Informação relevante é sempre bem-vinda, principalmente quando ela aparece “na nossa cara” sem precisar de esforço.

 

Foto: divulgação

 

Se possível, transmita mensagens leves, positivas e entregue ao seu público um momento de “respiro” diante de tanta notícia ruim. Frequência e consistência também são fundamentais.

As lives nos permitem transmitir mensagens e conseguir mais apoio! Podem mostrar a realidade dos biomas brasileiros de forma verdadeira e é uma maneira de mostrar a realidade deles. Além também de poder debater com o público possíveis soluções e envolvê-los organicamente.

 

Lives que você não pode perder

 

  • A iniciativa Documenta Pantanal, no mês de abril, decidiu envolver pessoas conhecidas no mundo da conservação para discutir sobre o tema  conservação e foi um sucesso;
  • O Onçafari não ficou de fora e entrou no mundo das lives, com o próprio presidente, Mario Haberfeld, que está participando e conversando com pessoas envolvidas;
  • A SOS Pantanal vai fazer a primeira live essa semana, no dia 14 de maio;
  • A Waita está semanalmente chamando outros projetos para conversar ao vivo;

Não viu nenhuma ainda ou não começou a fazer? Corre que dá tempo! Nós do #Bond apoiamos essas iniciativas a favor da conservação e da biodiversidade.