Tag

GreenBond

GreenBond: 2 anos da viagem mais intensa de nossas vidas!

By | GreenBond | No Comments

Hoje, 18 de junho, a GreenBond Conservation completa 2 anos de existência! Foram 2 anos de muitas conquistas comemoradas e desafios superados; fizemos amigos, encontramos parceiros de trabalho e construímos uma irmandade ainda maior entre nós. Hoje somos uma família!

 

📍 PONTO DE PARTIDA

Neste mesmo dia, em 2018, iniciávamos efetivamente as atividades da GreenBond. Na época, a empresa contava apenas com seus fundadores na equipe interna, o veterinário e especialista em marketing digital Diego Arruda e o biólogo Gustavo Figueirôa. Ambos possuem uma bela bagagem técnica sobre manejo de fauna, conservação e biodiversidade e, a partir daquele ano, decidiram mergulhar de cabeça no universo do marketing e comunicação. Um casamento que tinha tudo pra dar certo!

Os primeiros trabalhos contaram também com a participação e cooperação de um parceiro muito especial: o Onçafari. Eles foram nosso primeiro cliente e depositaram em nós um voto de confiança que rendeu excelentes frutos ao longo dos anos. Aprendemos e crescemos juntos, então seremos eternamente gratos à organização. 

 

📍 COMPANHEIROS DE TRAJETÓRIA

Ao longo de nosso percurso, firmamos parcerias que ficarão para toda a vida. Algumas profissionais, na labuta do dia a dia, mas todas elas também pessoais. Fizemos grandes amigos e unimos uma rede de pessoas do bem, que lutam pela conservação da biodiversidade, assim como nós. Esse é o nosso maior orgulho.

Logo no início, tivemos a imensa ajuda de nossos conselheiros, que seguem nos orientando e tornando esse sonho possível até hoje! São eles: 

  • Marco de Biasi

  • Laurent Serafini

  • Marcelo Molina

De 2018 pra cá, tivemos a honra de trabalhar ao lado de ótimas instituições ambientais:

  • Onçafari

  • Projeto Tatu-Canastra

  • SOS Pantanal

  • Biofaces

  • Instituto Mamirauá

  • Documenta Pantanal

  • Pró-carnívoros

  • Pantanal Jaguar Camp

Além dos projetos de conservação, também criamos um modelo de negócio colaborativo. Ou seja, estabelecemos parcerias essenciais com empresas e profissionais da área para que os serviços sejam executados com expertise e excelência. São eles: 

  • Nação Design

  • Artery

  • Seppia Geração de Conteúdo

  • Nindoo

  • ABETA (Associação de Ecoturismo e Turismo de Aventura)

  • Leonardo Perez

  • Vivian Martinez 

  • Instituto Waita

Com o aumento das demandas, recebemos também alguns reforços no time interno da GreenBond: os publicitários Letícia Amado e Raphael Parmezani

Agradecemos a todos os companheiros que fortalecem diariamente o nosso propósito de conservação da biodiversidade! Muito obrigado!

 

📍 DESTAQUES DA VIAGEM

Apesar de ser uma empresa relativamente nova, com pouco tempo de caminhada, já tivemos muitos cases de sucesso para comemorar! Nos dedicamos fortemente a cada vertente de trabalho da GreenBond: desde sites e mídias sociais, até a participação em eventos e até o desenvolvimento de expedições no Brasil.

Abaixo, você confere os pontos altos da nossa trajetória: 

 

Jaguar Parade Brasil

Ao lado de nossos parceiros Artery, Onçafari e SOS Pantanal, nós tivemos a oportunidade de participar da maior exposição a céu aberto do mundo: a Jaguar Parade Brasil.

A intervenção artística criada pela Artery, “fez barulho” na cidade de São Paulo, em 2019, e ajudou a divulgar uma importante mensagem central: a conservação da onça-pintada (Panthera onca). Além disso, o fenômeno artístico também mostrou-se uma ferramenta poderosíssima para a captação de recursos, uma vez que metade do valor arrecadado com o leilão das onças foi convertido para projetos atuantes na conservação da espécie (entre eles, o Onçafari e o SOS Pantanal).

Em nosso blog, contamos de forma mais detalhada essa experiência e o mais importante, divulgamos os resultados surpreendentes da ação que tomou conta das ruas paulistanas! 

 

Expedição Pantanal 2019

Em outubro de 2019, concretizamos um dos maiores projetos realizados ao lado do SOS Pantanal: a Expedição Pantanal. Foram 25 dias viajando ao lado deles. Acompanhamos a visita aos principais projetos de conservação e pontos de ecoturismo da região,  com o intuito de aproximar laços e auxiliar na promoção do desenvolvimento sustentável do Pantanal. Ao todo, foram mais de 5.000 km percorridos por terra, mais de 600 km percorridos por rios, 11 municípios, 20 empreendimentos ecoturísticos e 11 projetos de conservação visitados!

Para saber mais detalhes, acompanhe o blog do SOS Pantanal.

 

The Wall – Caldeirão do Huck

Em abril deste ano, também pudemos representar nosso parceiro Onçafari no quadro The Wall, do Caldeirão do Huck/TV Globo. O Gustavo Figueirôa, junto do Leonardo Gomes (diretor-executivo do Onçafari) se arriscaram na brincadeira com o intuito de arrecadar fundos destinados ao reparo dos danos causados pelo incêndio no Pantanal em setembro de 2019!

Além do prêmio em dinheiro, a brincadeira ainda proporcionou uma exposição de excelente resultado na mídia. A partir do programa, conseguimos aumentar consideravelmente o número de seguidores e o engajamento nas redes sociais do Onçafari, bem como realizar uma campanha de sucesso para doações neste período.

 

DeepWild 

Um dos últimos projetos que lançamos e do qual temos muito orgulho é a DeepWild. Trata-se de um software de Inteligência Artificial (IA) que analisa, identifica e organiza vídeos de vida selvagem coletados durante estudos de fauna, automatizando o processo de triagem de dados. 

A ferramenta é fruto de uma parceria entre nós – trazendo um conhecimento técnico e de mercado para a elaboração da ferramenta; a Nindoo – desenvolvendo a tecnologia de inteligência artificial em si e o Onçafarii – fornecendo os vídeos e levantando os problemas que seriam importantes de serem solucionados.

 

Wildingtone

Outro projeto recente que já está sendo um sucesso é a Wildingtone. Inspirada na natureza e no sistema Pantone, a Wildingtone apresenta uma forma de traduzir a beleza selvagem em comunicação visual.

De forma exclusiva, desenvolvemos produtos com padrões e cores baseados na vida selvagem. A venda é realizada pelas redes sociais, por enquanto, e você já pode fazer o seu pedido! Canecas, bonés, máscaras de proteção, chinelos e moleskines são alguns dos produtos já desenhados e desenvolvidos pela marca. 

 

PNUMA

No último dia 5 de junho, realizamos uma live junto do Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (PNUMA) em parceria com o SOS Pantanal. A ideia da ação foi promover um debate sobre a biodiversidade e possíveis soluções para frear a perda da fauna e flora, em comemoração ao Dia Mundial do Meio Ambiente.

Trabalhando ao lado do SOS Pantanal, nós convidamos representantes de grandes projetos de conservação: Instituto Arara Azul, Onçafari, Projeto Tamanduá, Projeto Ariranhas e do próprio PNUMA, que trouxeram excelentes reflexões ao debate, mediado pela repórter Cláudia Gaigher. A live foi um grande sucesso e marcou o início de uma preciosa parceria com a ONU.

Neste caso, é importante ressaltar que as mídias sociais do SOS Pantanal tiveram um papel fundamental na escolha da parceria. A ONU se interessou pelo conteúdo relevante de conservação compartilhado por nós nas redes do SOS e, a partir delas, decidiu nos convidar para fazer parte desta ação.

 

📍 TURBULÊNCIAS NO MEIO DO CAMINHO

“Reinvenção” foi palavra de ordem que nos permitiu superar todos os obstáculos do caminho. Por disponibilizar soluções de marketing das mais diversas vertentes – online e offline -, nós tivemos a oportunidade de estudar, explorar e nos aprofundar em cada um dos serviços. E é exatamente essa multiplicidade que continua nos mantendo ativos e cheios de trabalho, até mesmo em tempos de pandemia. 

Recentemente, fizemos uma análise sobre o papel do marketing nesse momento imprevisível que o mundo está vivendo. Paramos, pensamos, debatemos, refletimos e chegamos a uma importante conclusão: nosso trabalho não poderia parar!

 

📍 O DESTINO FINAL

Atuar por um propósito nos faz muito mais fortes e resilientes. Nosso objetivo vai muito além das métricas analisadas por uma equipe financeira. Para nós, sucesso é sinônimo de vida. Por isso, trabalhamos diariamente sonhando com o destino final: a conservação total da biodiversidade, dos recursos naturais e o mais importante, a nossa própria sobrevivência.

Agradecemos novamente a todos que fazem dessa viagem uma realidade. 

Estamos juntos!

 

O que esperar de 2020?

By | GreenBond | No Comments

Nosso primeiro ano completo de atuação foi incrível! Nos trouxe ótimos parceiros, ações e resultados, como você viu em nossa retrospectiva

Para 2020, esperamos continuar florescendo as sementes plantadas em 2019. Então, trouxemos reforços para a nossa equipe, aumentamos o portfólio de parceiros, fizemos cursos de capacitação e mergulhamos de cabeça no marketing de conservação.  

 

POR DENTRO DA GREENBOND 

Conheça o perfil de cada colaborador que faz da GreenBond uma empresa tão promissora: 

 

Nome: Diego Arruda 

Profissão: Veterinário 

Ponto forte: O céu é o limite

O Diego é formado em medicina veterinária, mas além do amor pelos bichos, também tem alma de vendedor. Hoje, é especialista em marketing digital, formado pela ESPM, e conseguiu unir suas duas paixões em um único propósito: marketing de conservação. 

Munido de criatividade, pensamentos extremamente estratégicos e bastante conhecimento sobre a fauna, ele é um dos fundadores da GreenBond e peça chave em todas as operações realizadas pela empresa. O sangue do #Bond corre em suas veias e, se depender de seus planos, só o céu é o limite. 

________________________________________________________________________________

Nome: Gustavo Figueirôa

Profissão: Biólogo 

Ponto forte: Mega versátil 

O Gustavo é biólogo conservacionista, sempre viveu no meio dos bichos e cultiva um grande amor pelo universo selvagem. Trabalhou como biólogo de campo durante muito tempo, mas com o passar dos anos, também se descobriu fotógrafo de natureza, editor de vídeos, redator e um grande comunicador. 

Sua extensa bagagem de campo, conhecimento sobre a fauna e comprometimento com as atividades de comunicação fazem dele uma carta coringa, ou seja, é possível confiar em sua capacidade para realizar qualquer tarefa da GreenBond. Também é um dos fundadores da empresa e tem o DNA do #Bond em sua essência. 

________________________________________________________________________________

Nome: Letícia Amado 

Profissão: Publicitária 

Ponto forte: Criativa como ninguém 

Ao contrário dos meninos, a Letícia começou sua carreira pelo marketing e descobriu só depois a paixão por animais selvagens e conservação. Especialista em marketing digital, também pela ESPM, ela trouxe para a GreenBond sua experiência como redatora em agências de publicidade e veículos de comunicação. 

O gosto por livros, filmes, séries, peças de teatro e qualquer outra forma de entretenimento lhe concedeu um belo repertório, tornando sua criatividade bem afiada! Juntando a habilidade para escrita, com duas fontes de conhecimento muito ricas (Diego e Gustavo), ela torna a GreenBond capaz de produzir conteúdos autorais de muita qualidade. 

________________________________________________________________________________

Nome: Raphael Parmezani 

Profissão: Publicitário 

Ponto forte: Comprometido – missão dada é missão cumprida 

Raphael é publicitário, também especialista em marketing digital pela ESPM. Integrante mais recente da GreenBond, ele começa agora em 2020 e traz consigo um português impecável (quase um dicionário humano), além da ampla experiência com redes sociais de um grande banco nacional. 

O comprometimento com suas tarefas é, de longe, o ponto mais forte. Dedicado, estudioso e muito organizado, foi uma contratação certeira para nós. Seja bem-vindo ao nosso #Bond, Rapha! 

 

PARCEIROS DE PESO

A nossa equipe é, com toda a certeza, parte muito importante do trabalho. Mas sem os parceiros, não seríamos a mesma GreenBond.

Hoje, temos o prazer de trabalhar com Onçafari, SOS Pantanal, Biofaces e Mamirauá. Acreditamos no potencial de cada um na conservação do meio ambiente. Por isso, damos o nosso melhor para fortalecer e aumentar ainda mais esse impacto! 

Para 2020, tivemos a honra de agregar um novo parceiro: Documenta Pantanal. A iniciativa consiste em um conjunto de ações e projetos coordenados, com o intuito de: documentar; tornar conhecida a beleza e o valor natural da região do pantanal brasileiro; além de promover o diálogo entre as forças produtivas, academia, instituições/organizações na busca de soluções implementáveis de consenso.

Foto: Luciano Candisani/Documenta Pantanal

 

Usaremos todo o nosso conhecimento em biodiversidade pantaneira e técnicas de comunicação para dar mais força à iniciativa, tornando seus esforços de conservação do Pantanal ainda mais efetivos! 

 

O que esperar de 2020? Novos desafios, grandes parcerias e uma equipe ainda mais unida. Sabemos que juntos somos mais fortes, por isso buscamos conectar pessoas, tecnologia e natureza. Vem pro nosso #Bond! 😉 

GreenBond: retrospectiva 2019

By | GreenBond | No Comments

O que dizer sobre 2020? Que mal conhecemos e já consideramos pakas, rs. 

Se o próximo ano continuar florindo todas sementes plantadas em 2019, será uma evolução e tanto para a GreenBond. O primeiro ano completo de atuação da empresa foi intenso, produtivo e cheio de bons resultados! Seguros de nossa missão, visão e valores, demos continuidade à parceria com o Onçafari e Biofaces e nos conectamos a novos projetos totalmente alinhados ao nosso objetivo: SOS Pantanal e Mamirauá. As parcerias geraram ótimos frutos. 

No geral, tivemos um crescimento significativo e saudável. Aumentamos o número de parceiros, apoiadores e colaboradores. Participamos de pequenas, médias e grandes ações. Fizemos grandes amigos e aumentamos consideravelmente o alcance da mensagem de conservação! 

Confira os pontos altos do nosso 2019: 

 

MARÇO – REVISTA “O BIÓLOGO”

O Gustavo Figueirôa, que é biólogo e um dos fundadores da GreenBond, apareceu na matéria de capa da revista “O Biólogo” no primeiro trimestre. A revista, idealizada pelo CRBio, reúne conteúdo sobre biólogos que uniram a paixão por fotografia com a vida profissional.

Além de contar sobre a união da profissão com a paixão pela fotografia, ele também comentou sobre a GreenBond e como a visão de empreendedor tem mudado sua perspectiva para o futuro da conservação!

 

ABRIL – CAMPANHA DE CAPTURA DOS LOBOS-GUARÁS NO CERRADO 

O trabalho de assessoria de imprensa da GreenBond para o Onçafari, junto do Terra da Gente, rendeu uma matéria incrível para o site sobre a campanha de captura dos lobos-guarás no Cerrado

Nós acompanhamos os profissionais do Onçafari e do Terra da Gente durante a campanha de captura na Pousada Trijunção. Com a ajuda de toda a equipe e dos equipamentos necessários, nós presenciamos e gravamos a captura de 2 lobos-guarás, apelidados de Vereda e Diadorim. Os biólogos e veterinários realizaram todos os exames para checar a saúde dos animais e colocaram o rádio-colar em um deles, para seguir com o monitoramento. Por meio deste processo, o Onçafari consegue estudar de forma mais fiel os hábitos da espécie e atuar com mais efetividade na conservação dela.

Foto: Gustavo Figueirôa

 

SETEMBRO – I CONGRESSO BRASILEIRO DE VIDA SILVESTRE 

No mês de setembro, nós tivemos a honra de palestrar no I Congresso Brasileiro de Vida Silvestre, que aconteceu em Brasília. 

As estratégias de marketing têm ganhado cada vez mais força e apoio científico na sociedade e no universo da conservação, com o objetivo de promover a conscientização. E, pensando nos profissionais que têm interesse em se aventurar na captação de recursos e querem entender como a comunicação pode ser uma ferramenta poderosa para a conservação, apresentamos as principais tendências de marketing para ser ouvido, em uma sociedade tão competitiva por atenção.

 

SETEMBRO – INÍCIO DOS TRABALHOS COM MAMIRAUÁ

Também em setembro, nós pudemos expandir ainda mais nosso território de luta pelo meio ambiente. Nos juntamos ao maior projeto de conservação da Amazônia: Instituto de Desenvolvimento Sustentável Mamirauá.

 

OUTUBRO – EXPEDIÇÃO PANTANAL 2019 

Em outubro, concretizamos um dos maiores projetos realizados ao lado do nosso parceiro SOS Pantanal: a Expedição Pantanal 2019. 

Foram 25 dias viajando ao lado deles. Acompanhamos a visita aos principais projetos de conservação e pontos de ecoturismo da região,  com o intuito de aproximar laços e auxiliar na promoção do desenvolvimento sustentável do Pantanal. Ao todo, foram mais de 5.000 km percorridos por terra, mais de 600 km percorridos por rios, 11 municípios, 20 empreendimentos ecoturísticos e 11 projetos de conservação visitados!

Para saber com mais detalhes, acompanhe o blog do SOS Pantanal.

Foto: Instituto SOS Pantanal

 

NOVEMBRO – WORKSHOP WAITA 

Em novembro, marcamos presença no I Workshop de Reabilitação, Monitoramento e Conservação da Fauna Silvestre em Belo Horizonte, Minas Gerais. O evento foi organizado pela Waita, uma organização que trabalha com o resgate e reabilitação de animais silvestres.

No dia 22, palestramos em nome do nosso parceiro Onçafari. Apresentamos o trabalho da associação com a reintrodução de onças-pintadas na natureza, abordando a importância deste processo para a recuperação de populações de animais em risco de extinção.

No dia 23, palestramos como GreenBond, expondo nosso trabalho de captação de recursos, patrocínios e soluções em comunicação para projetos de conservação ambiental.

 

NOVEMBRO – INNOVATION TECH DAY 

Também em novembro, o nosso veterinário e especialista em Marketing Digital, Diego Arruda, participou do Innovation & Tech Day, no Cubo – Itaú!

O evento franco brasileiro reuniu startups e empresas do Brasil e da França, investidores e especialistas, para discutir assuntos que estão em alta no universo tecnológico, como: reinvenção, inovação, inteligência artificial, impacto social, etc.

Diego integrou o painel III – Tech for Good: Transformação e Impacto Social Positivo Através de Tecnologia com Propósito, levando ao público insights sobre pessoas, projetos e organizações que promovem a tecnologia para melhorias sociais, ambientais e econômicas, como faz a GreenBond.

 

NOVEMBRO – JAGUAR PARADE BRASIL 

Para fechar o mês de novembro com chave de ouro, comparecemos no leilão beneficente da Jaguar Parade Brasil. O evento, realizado estrategicamente no Dia Internacional da Onça-pintada, finalizou com categoria o fenômeno artístico que foi um grande sucesso!

A união entre arte urbana e conservação foi brilhante, promovendo a mensagem de proteção da onça-pintada e o mais importante: captando recursos para as instituições Onçafari, SOS Pantanal, Ampara Animal e Panthera Brasil.

Foto: Jaguar Parade Brasil

 

Em nosso blog, você pode conferir o importante papel da GreenBond durante todo o movimento

 

ALGUNS RESULTADOS EXPRESSIVOS DE NOSSOS PARCEIROS

 

Olhando para trás, temos muito orgulho do que construímos em 2019. A retrospectiva foi bem positiva, com bons resultados, grandes parcerias fechadas e muitas amizades formadas. Porém, sabemos que esse é só o começo e ainda há muito trabalho a ser feito. Pode vir, 2020! Estamos preparados e cheios de planos para você! 

I Workshop de Reabilitação, Monitoramento e Conservação de Fauna Silvestre

By | Conservação, Eventos de Conservação, GreenBond, Marketing na Conservação, Projetos de conservação | No Comments

Nos dias 22 e 23 no novembro, a WAITA Instituto de Pesquisa e Conservação realizou o I Workshop de Reabilitação, Monitoramento e Conservação de Fauna Silvestre. O evento contou com a presença de diferentes instituições e profissionais conservacionistas, que trocaram experiências de forma inovadora e construtiva. Com espaços abertos para estudantes e comunidade geral, a iniciativa promoveu ciência de maneira democrática e progressiva. 

Nós tivemos a honra de participar do evento, dando palestras e ouvindo os demais. Contamos nossas experiências, como GreenBond e como nossos clientes, mas também dialogamos e absorvermos diversas vivências de instituições que lutam pela conservação, assim como nós. Foram trocas muito ricas!

 

ONÇAFARI 

Comunicação é o principal pilar da GreenBond. Nós acreditamos no poder da comunicação e tentamos fazê-la de forma 360, abordando todos os pontos de contato de nossas instituições parceiras.

Por isso, vestimos a camisa do Onçafari, um dos nossos maiores parceiros, e comunicamos o incrível trabalho de reintrodução realizado por eles durante o Workshop. 

Além de ministrar a palestra “Onçafari Rewild: Reintroduzindo Onças-pintadas na natureza”, que contou detalhadamente como foi o processo de reintrodução de todas as onças que já passaram pelo Rewild: Fera e Isa (Pantanal), Vivara e Pandora (Amazônia) e Jatobazinho (Argentina), o nosso biólogo Gustavo Figueirôa também participou das mesas de debate sobre Reabilitação e Monitoramento, trocando experiências com instituições que realizam o mesmo trabalho. 

Momento de soltura da Vivara, na Amazônia. (Foto: Onçafari)

ESPAÇO DE DISCUSSÃO SOBRE REABILITAÇÃO 

A reabilitação de animais silvestres é um processo fundamental para devolvê-los à natureza de forma saudável. O espaço de discussão permitiu a troca de informações, vivências (que deram certo e também que não deram), compartilhamento de técnicas e soluções de problemas encontrados pelas instituições, com o intuito de otimizar ainda mais todo esse processo. 

No painel estiveram presentes as seguintes instituições: WAITA, Onçafari, MIB, Pró-tapir, Refauna, IPRAM, Muriquis do Caparaó, CRAX, UFOP, TamdanduASAS, Amigos do Lobo, CETAS-BH.

 

ESPAÇO DE DISCUSSÃO SOBRE MONITORAMENTO

A melhor maneira de confirmar o sucesso de reintrodução dos animais, obtendo dados dados confiáveis de comportamento é por meio do monitoramento. Então, o Espaço Monitoramento abordou as diferentes técnicas, tecnologias, metodologias e problemáticas dos monitoramentos ativos e/ou remotos, promovendo uma troca de experiências enriquecedora. 

No painel estiveram presentes as seguintes instituições: WAITA, Onçafari, MIB, Pró-tapir, Refauna, IPRAM, Muriquis do Caparaó, CRAX, UFOP, TamanduASAS, Amigos do Lobo, CETAS-BH e Centro de Conservação dos Saguis da Serra. 

 

GREENBOND 

Representando a GreenBond, o nosso especialista em marketing digital Diego Arruda ministrou uma palestra sobre o papel do marketing na conservação, focando principalmente em estratégias para captação de recursos. 

Após alguns estudos de mercado, nós percebemos que o marketing ainda não é prioridade no modelo de negócio dos projetos de conservação. Apesar de compreenderem a necessidade de investimento em comunicação, a maioria dos projetos não a faz, principalmente por questões financeiras. 

Por isso, ministramos uma palestra que ensina a importância da comunicação, principalmente para reverter esse quadro: a falta de recursos. Divulgar a causa é de extrema importância para alcançar e tocar pessoas, trazendo mais adeptos e, consequentemente, mais recursos para auxiliar na luta. 

Ao contrário do que muitos pensam, não é necessário gastar caminhões de dinheiro para fazer uma comunicação bem feita. Atualmente, principalmente por conta da internet, já é possível alcançar milhões de pessoas, provocando um impacto positivo de forma rápida e barata. E foi isso que ensinamos ao público presente no Workshop. 

ESPAÇO DE DISCUSSÃO SOBRE MARKETING 

O espaço Marketing para a conservação discutiu a utilização de estratégias e ferramentas adotadas no universo do marketing, com o objetivo de comunicar e mobilizar o maior número de pessoas à favor de uma causa em comum: salvar o planeta.

Foram abordados temas como redes sociais, sites, planejamento, execução e desenvolvimento de campanhas, captação de recurso, estratégias, dentro outros.

Para debater o tema, estiveram presentes no painel: GreenBond, Sair do Casulo, Bocaina e Instituto Vida Livre. 

 

VISÃO GERAL DO EVENTO 

No geral, o I Workshop de Reabilitação, Monitoramento e Conservação de Fauna Silvestre foi bastante enriquecedor para nós. Pudemos divulgar nosso trabalho, as causas nas quais acreditamos e o mais importante: aprender com pessoas que fazem parte da mesma luta. A troca de experiências foi fundamental, principalmente neste fim de ano, para repensar e colocar em prática alguns aprendizados para 2020. 

Agradecemos a WAITA pelo convite e os parabenizamos pela incrível iniciativa! 

As maravilhas do ecoturismo e turismo de aventura!

By | Conservação, Ecoturismo, Educação ambiental, GreenBond | No Comments

As atividades turísticas são caracterizadas pelo conhecimento do novo. É quando você descobre um novo lugar, uma nova cultura, ou apenas vive novas experiências em um ambiente que, de alguma forma, é diferente para você. Então, já que trata-se de conhecimento, por que não unir o turismo à conservação da natureza? E foi a partir desta premissa que surgiu o Ecoturismo, modalidade que envolve, dentre outros, o Turismo de Aventura.

 

O QUE É ECOTURISMO? 

Segundo a Sociedade Internacional de Ecoturismo, o turismo ecológico consiste em viagens responsáveis, realizadas em áreas naturais. Os passeios visam preservar o meio ambiente e promover o bem-estar da população local. Entre seus princípios, destacam-se a conservação do patrimônio natural e cultural aliada ao envolvimento das comunidades locais, além da consciência ambiental ensinada aos turistas. As atividades devem promover a reflexão e a integração entre homem e ambiente, com envolvimento do turista nas questões relacionadas à conservação dos recursos, educação e desenvolvimento socioeconômico do destino escolhido.

Foto: Samuel GP/Creative Commons

 

O TURISMO DE AVENTURA NO CENÁRIO ECOLÓGICO 

No Brasil, as atividades de aventura estão, muitas vezes, relacionadas ao turismo na natureza, sendo praticadas em unidades de conservação ou ambientes naturais bem preservados. Dessa forma, apresentam forte ligação com o ecoturismo, o que leva, muitas vezes, à falta de entendimento de cada particularidade.

Se no ecoturismo a essência constitui-se pela apreciação das características naturais e culturais, promovendo um desenvolvimento sustentável do local, no Turismo de Aventura dá-se preferência à atividade física e situações desafiadoras. O denominador comum entre elas é a possibilidade de serem realizadas no mesmo ambiente e a preocupação preservacionista. Teoricamente, a distinção parece clara, mas na prática, percebe-se a utilização dos dois conceitos para indicar as mesmas coisas. 

Mas, apesar das confusões, não tem como negar que a aventura é um enorme atrativo aos turistas e que, por conta dela, o ecoturismo também vem ganhando cada vez mais força no Brasil. Associar os desafios ao convívio e conhecimento da natureza é um dos grandes fatores apaixonantes neste universo. 

Segundo a ABETA (Associação Brasileira das Empresas de Ecoturismo e Turismo de Aventura), as atividades de Turismo de Aventura mais praticadas pelos brasileiros, dentro de cenários naturais, são: arvorismo, bungee jump, caminhada e caminhada de longo curso, cavalgada, cicloturismo, observação de vida selvagem, rapel, tirolesa, balonismo, paraquedismo, canoagem, flutuação, kitesurfe, mergulho, rafting, entre outros. 

Foto: Creative Commons

IMPORTÂNCIA DO ECOTURISMO E T.A. PARA A CONSERVAÇÃO

De acordo com a WWF, o ecoturismo, quando corretamente planejado e desenvolvido, pode trazer às populações locais benefícios amplos: oportunidades de diversificação e consolidação econômica, geração de empregos, conservação ambiental, valorização da cultura, conservação e/ou recuperação do património histórico, entre outros. 

É certo que os impactos são inevitáveis a partir do momento que o ser humano, mesmo que de forma discreta, intervém no habitat natural. Até por isso, ainda existe o desafio de conciliar completamente o desenvolvimento econômico com a preservação da natureza. Mas uma coisa você pode ter certeza: quem gosta da natureza e reserva um tempo para descobri-la, tende a respeitá-la.

Foto: Creative Commons

 

ABETA SUMMIT – CONGRESSO BRASILEIRO DE ECOTURISMO E TURISMO DE AVENTURA

Pensando nas melhores práticas do ecoturismo e com o objetivo de evoluir de forma sustentável essa prática no Brasil, a ABETA realiza um congresso de capacitação anualmente.
O Congresso Brasileiro de Ecoturismo e Turismo de Aventura – ABETA SUMMIT, desde 2003, é o principal evento da cadeia produtiva do turismo de natureza no Brasil. Considerado um dos mais importantes fóruns de discussões do setor, reúne nomes importantes de empresários, gestores públicos, consultores, acadêmicos, ativistas, jornalistas, guias e condutores de atividades em ambientes naturais. Oferece ao seu público uma grande variedade de palestras, oficinas de capacitação, visitas técnicas e encontros de negócios, visando produzir conhecimento para melhorar a capacidade de gestão e inovação de micros e pequenos negócios, ampliar a rede de relacionamentos do segmento e promover novas oportunidades de negócios para empresas e destinos turísticos.

Neste ano, a GreenBond teve o prazer de participar, agora em agosto, e aprender bastante com as palestras e conteúdos apresentados!

GreenBond a empresa que arrecada recursos para projetos de conservação

By | Conservação, Ecoturismo, GreenBond, Meio Ambiente, Não categorizado | No Comments

Gustavo (na frente) e Diego (atrás), fundadores da GreenBond, no Pantanal – Foto: Gustavo Figueiroa

Fundada por um veterinário especialista em marketing digital e um biólogo conservacionista, a GreenBond é uma empresa de impacto socioambiental que usa estratégias de comunicação para captar recursos para projetos de conservação através de leis de incentivo, produções de eventos e campanhas de crowdfunding. “O grande diferencial da GreenBond é selecionar projetos de conservação de acordo com as metodologias mais utilizadas em relação à governança, transparência, e credibilidade das Ongs” diz Diego Rugno Arruda, o veterinário especialista em marketing digital.

A equipe da GreenBond analisa os projetos de conservação, monta e executa estratégias para otimizar a captação de recursos e busca possíveis apoiadores que se identificam com as instituições. “Quando entendemos como a Ong funciona e qual o trabalho que ela executa, conseguimos fazer um “match” para o tipo de pessoa física ou o tipo de pessoa jurídica mais adequada”, diz Diego.

“Um dos nossos objetivos é fomentar uma lei que permita abater impostos para financiar projetos de conservação. Uma Lei Rouanet para a área ambiental”, diz Gustavo Figueiroa, o biólogo conservacionista. “Nós queremos estimular um ambiente onde as pessoas tenham vontade de trabalhar pela conservação, tanto pela paixão quanto pela remuneração.”

Para conseguir arrecadar recursos para projetos de conservação, a GreenBond trabalha em diferentes frentes:

  • Estabelecimento de uma estratégia de comunicação (com enfoque em mídias sociais), específica para cada projeto, com o objetivo de criar uma relação mais próxima entre pessoas, empresas, governo e Ongs e estimular parcerias entre o setor privado e o terceiro setor.
  • Produção e promoção de produtos e eventos que voltem recursos para a conservação
  • Criação de campanhas de financiamento coletivo (crowdfunding) que promovam causas ambientais

A ideia é que a GreenBond se torne uma referência no mundo da conservação da biodiversidade. “A gente deseja criar uma boa relação com as empresas para que elas percebam que vale a pena investir no meio ambiente. Hoje os consumidores estão cada vez mais ávidos por consumir produtos sustentáveis e arrecadar recursos pra esses projetos via marketing de causa é algo muito interessante e ainda pouco explorado no Brasil”, diz Diego.

Uma perspectiva pessoal

Meu primeiro contato com a GreenBond foi no Pantanal, o lugar que mais amo nesse planeta e onde conheci Diego e Gustavo. Eu estava guiando um grupo do Onçafari, o primeiro cliente da empresa. Eles estavam produzindo conteúdo e conhecendo a equipe do projeto.

Por uma feliz coincidência fui escalado para guiá-los durante um dia na maior planície inundável do mundo. Conversamos um pouco e percebi que compartilhávamos a mesma paixão pela conservação e a mesma vontade de fazer a diferença por um mundo mais sustentável.

Eu (à esquerda, fora do carro) no dia que conheci o Diego (à direita, sem chapéu ou boné) e o Gustavo (autor da foto)

Sou biólogo e jornalista e fui repórter e editor de National Geographic Brasil por 5 anos. A conservação sempre fez parte do meu trabalho, mas desde que saí da revista essa pauta andava afastada da minha vida. Assim que voltei pra São Paulo me encontrei com o Diego e o Gustavo e, após uma rápida reunião, me juntei ao Bond.

Hoje meu coração bate mais forte porque eu respiro conservação todos os dias. Faço produção de conteúdo, com enfoque nos blogs dos nossos clientes, e sinto que cada linha que eu escrevo é cheia de significado. O trabalho e o prazer estão juntos novamente porque eu tenho a certeza de que a Greenbond faz a diferença para a construção de um mundo melhor.