Dia do Consumo Consciente: a mudança começa em você!

Você sabia que, além do Dia do Professor, a data 15 outubro também celebra o Dia do Consumo Consciente? Ela foi instituído pelo Ministério do Meio Ambiente, para alertar a sociedade sobre os riscos da produção e do consumo exagerados e/ou inadequados. 

 

O QUE É O CONSUMO CONSCIENTE? 

O consumo consciente é uma contribuição voluntária, cotidiana e solidária de cada cidadão, com o intuito de garantir a sustentabilidade da vida no planeta. Consiste em ampliar os impactos positivos e diminuir os negativos do consumo no meio ambiente, na economia e nas relações sociais. 

Além de reduzir o exagero, o Dia do Consumo Consciente busca alertar para o fato de que um produto ou serviço deve minimizar o uso de recursos naturais, materiais tóxicos, diminuir a emissão de poluentes e a geração de resíduos. É uma reflexão que deve atingir não apenas os consumidores, mas as empresas e fabricantes também. 

O Objetivo de Desenvolvimento Sustentável da ONU número 12 diz: “Assegurar padrões de produção e de consumo sustentáveis”. Entre as metas, constam a redução pela metade o desperdício de alimentos per capita mundial; o manejo ambientalmente saudável dos produtos químicos e todos os resíduos; além da redução substancial da geração de resíduos por meio da prevenção, diminuição, reciclagem e reuso; entre outros.

 

DICAS PARA SER UM CONSUMIDOR SUSTENTÁVEL

O primeiro passo é repensar sobre a real necessidade de se adquirir determinado produto. Se optar pela compra, escolha sempre os produtos originais e solicite a nota fiscal,  pois somente no comércio legal pode-se buscar igualdade nas competições de mercado.

É de suma importância verificar onde o produto foi fabricado, visto que, quanto mais próximo de nossa casa, melhor. Ao comprar um produto oriundo da economia local, estamos ajudando a fortalecer essas empresas e colaborando para o desenvolvimento da região. Verificar a origem é importante também para evitar produtos de regiões ou países com práticas sociais inadequada, e para isso, você deve pesquisar as práticas de responsabilidade social das empresas.

Privilegie produtos duráveis e evite desperdício de alimentos. Ao descartar os resíduos, é importante checar o que pode ser reutilizado e reciclado, praticando a coleta seletiva. E, para o transporte dos itens, a sugestão é evitar o uso de sacolas plásticas descartáveis e privilegiar as sacolas duráveis e retornáveis.

No ramo da construção civil, também é possível fazer escolhas sustentáveis. Decida por um local onde dê para aproveitar a luz do sol, utilize materiais de menor impactos ambientais, calcule a quantidade de material para evitar desperdício e prefira tintas não tóxicas. 

 

A mudança para um mundo mais sustentável começa por você! Então, nós da GreenBond te desafiamos a repensar alguns hábitos, fazer escolhas planejadas e conscientes. #Partiu?

Leave a Reply